Ateliê João Turin

A proposta é clara, colocar “João Turin” dentro da história, ideia inovadora pelo contexto que se realiza. É a primeira vez que um processo audacioso se inicia “ponta a ponta”, desde a compra de um acervo, passando por inventário, restauro, catálogo, levantamento histórico, livro, fotografia, fundição até chegar as exposições nacionais e internacionais.
Mas todo esse processo não seria possível sem que tivéssemos uma fundição artística preparada e capaz de fundir este acervo. Desafio lançado, iniciamos uma vasta pesquisa de equipamentos e de recursos humanos para tocar o projeto; trocamos informações sobre o uso de novos materiais para aperfeiçoar a fundição de nossas peças e ao mesmo tempo usando a técnica milenar da “cera perdida”.
Buscamos tecnologia em diversos países, como França, Itália, Bélgica e Estados Unidos. Como resultado, a primeira fundição artística brasileira tecnologicamente correta, inteiramente elétrica, com baixo impacto ao meio ambiente e com aproveitamento da água da chuva; reutilizando 60% dos seus insumos. Uma parceria completa entre as famílias Turin e Lago que se associam para contar o legado de João Turin às novas gerações.

Tour virtual, clique aqui e visite o ateliê.