A

 

Exposição ‘João Turin – escultor’ é encerrada em São Paulo

Na última segunda, dia 06 de junho, foi encerrada a mostra ‘João Turin – escultor’ na Pinacoteca de São Paulo. A exposição ficou aberta ao público desde o dia 04 de abril e recebeu no período 51.300 visitantes.

Para o curador da exposição, José Roberto Teixeira Leite, o resultado foi excelente. “Agradeço ao Tadeu Chiarelli (diretor da Pinacoteca) e toda a equipe da instituição, sem cujo apoio a referida mostra não teria alcançado o êxito e repercussão que obteve”, publicou em sua página no Facebook.

A exposição montada na Pinacoteca reuniu 50 obras do artista paranaense, entre esculturas e baixos-relevos, além de desenhos, pinturas e fotos antigas. Também foram expostos a reprodução de dois vestidos com temática paranista, movimento de valorização da fauna e flora paranaenses, onde Turin foi um dos principais representantes.

João Turin (1878 – 1949) é o principal representante brasileiro da arte animalista. Nascido no Paraná, formou-se em Bruxelas, Bélgica, e viveu quase uma década em Paris, onde foi contemporâneo de Auguste Rodin, Picasso, Modigliani, Mondrian, Chagall, Matisse, Rilke, Jean Cocteau, Victor Brecheret, entre outros.

Créditos: Christina Rufatto